análise de dados: grupo de pessoas em reunião para analisar dados usando tablet e computador análise de dados: grupo de pessoas em reunião para analisar dados usando tablet e computador

Como analisar dados da empresa de maneira eficiente?

7 minutos para ler

Empresas de diferentes portes e segmentos vêm se transformando de forma acelerada com o surgimento de novas tecnologias e a abundância de dados encontrados na rede. Em um mercado cada vez mais competitivo, é necessário estar conectado às novas tendências para se manter atualizado. Neste post, vamos entender a importância de analisar os dados e produzir valor para a companhia.

Um dos fatores que têm revolucionado a boa gestão é a utilização e interpretação dos dados de forma analítica. Com o sucesso do Business Intelligence (Analytics) e do Data Science, se tornou mais simples traçar estratégias efetivas de negócio. Vamos conhecer mais sobre a importância dessas práticas e apresentar algumas dicas. Confira!

Qual é a importância de analisar dados?

Ao pesquisar superficialmente pelo assunto na internet, você pode descobrir que a análise de dados é um dos meios mais eficientes de gerar informação relevante para o seu negócio. Com esse trabalho, há um maior fornecimento de conhecimento para o processo de tomada de decisão.

Porém, encontramos muitas informações desencontradas, que não proporcionam uma dimensão real do valor proporcionado pelo trabalho com dados. Para entender melhor, é importante levar em consideração que hoje, na era da comunicação e compartilhamento, há milhares de dados sendo gerados todo o tempo — e esses elementos deixam um rastro virtual na rede.

No meio dessa massa elevada de dados disponíveis, há muitas informações valiosas que podem mudar radicalmente a forma de encarar os negócios e incrementar as suas estratégias. O segredo da utilização desses elementos está justamente na interpretação deles e é importante cruzá-los para propiciar a inteligência de mercado.

Esse trabalho pode ser feito por meio da análise de comportamentos em redes sociais, por exemplo. As ferramentas tecnológicas desenvolvidas para trabalhar com os dados rastreiam determinados padrões de consumo e estabelecem tendências com o objetivo de desenvolver produtos mais personalizados.

Além disso, o Business Intelligence, o Big Data e outras ferramentas analíticas agregam os dados em repositórios específicos, o que facilita o armazenamento de informação relevante para novos processos. Assim, fica mais fácil cruzar elementos e estabelecer padrões e tendências que vão orientar as estratégias e rotinas empresariais da companhia.

Vamos conhecer, com mais detalhes, os fatores que motivam a adoção de ferramentas de análise.

Visualização do estado atual do mercado

Com a análise de dados, é possível reunir conhecimento sobre concorrentes, prestadores de serviços, fornecedores e clientes em potencial. Ao realizar esse monitoramento externo, as empresas podem otimizar suas operações com informações mais precisas.

Fidelização de clientes

Mencionamos que as ferramentas tecnológicas que operam no trabalho com os dados são capazes de estabelecer tendências e padrões de consumo por meio da extração otimizada de informações. Além disso, ao conhecer melhor o consumidor, é possível atender às expectativas de forma mais personalizada.

É viável estabelecer estratégias de negócio de acordo com uma determinada faixa etária e padrão de consumo, por exemplo. Com soluções digitais como o Business Intelligence, fica fácil mapear o comportamento de consumidores em uma determinada localidade ou descobrir, com precisão, os produtos mais consumidos em determinadas épocas do ano.

Por meio de logs de acesso, consegue-se monitorar os acessos dos clientes em potencial e elaborar perfis ideais de consumidores. Essa ação, aliada às informações coletadas com a opinião dessas pessoas em redes sociais, é essencial para determinar o perfil do cliente a ser atendido.

Diferenciação da sua marca no mercado

Quando a sua companhia começa a extrair insights relevantes com essas soluções digitais, o ideal é apostar na distinção. Uma simples avaliação de um produto ruim de um concorrente, postada publicamente em uma rede social, pode ser a deixa para que a sua companhia aperfeiçoe produtos de forma a preencher os gaps dos competidores

Assim, munidos de informações essenciais para agregar vantagem competitiva ao negócio, os gestores vão ampliar a rentabilidade e a identificação dos clientes com a empresa. As ferramentas de análise de dados podem, ainda, verificar falhas e deficiências nos processos, otimizando a utilização de recursos para que a produtividade aumente.

Quais são os principais tipos de análise?

Análise descritiva

Esse primeiro tipo descreve uma série de processos realizados com o intuito de acompanhar as rotinas em tempo real, assim como compreender o estado atual do mercado. Podemos explicar com um exemplo: vamos supor que a sua companhia quer estudar a demanda por determinado produto.

A análise descritiva vai agir de forma a captar o possível volume de vendas, levando em conta as opiniões dos clientes sobre produtos parecidos. Além disso, vai analisar os feedbacks internos e externos e a movimentação dos concorrentes.

Análise preditiva

A opção preditiva ajuda a traçar a estratégia para projetar a reação do mercado, estudando tendências e estipulando possíveis direcionamentos. Ela auxilia na definição de iniciativas previamente desenvolvidas e destinadas a atender as necessidades dos clientes.

A análise de dados preditiva vai auxiliar os gestores a determinar, portanto, a procura por peças específicas, levando em conta as expectativas do público-alvo. Dessa forma, saberá direcionar os recursos de forma mais adequada e personalizada.

Análise prescritiva

Já a modalidade prescritiva se destina a apontar o nível possível de sucesso de uma determinada ação ou estratégia. Vamos supor que a sua companhia esteja planejando realizar uma grande promoção, com critérios estabelecidos pela análise descritiva.

Desse modo, a interpretação dos dados vai combinar os dois trabalhos e proporcionar os melhores valores para essa promoção.

Análise diagnóstica

Como o próprio nome já esclarece, essa opção possibilita o diagnóstico do negócio como um todo. Por meio da produção de informações importantes, realizada pela análise de dados, você consegue obter respostas mais certeiras para questões como:

  • horários e meses em que ocorre o maior número de vendas;
  • como ocorre maioria do contato dos clientes (pela internet ou por loja física, se for o caso);
  • motivo da aquisição de produtos pelos clientes;
  • respostas para os processos incompletos de venda.

Como conseguir ajuda para analisar dados?

Muitas empresas costumam entregar customizações pontuais de acordo com as necessidades do cliente. Porém, não é o suficiente: é essencial priorizar parceiros que entreguem soluções digitais e análises prontas.

Dessa forma, será possível desenvolver todo um planejamento para que o produto não entregue somente adaptações, mas uma solução de ponta para a integração específica de dados do cliente.

Para conseguir os melhores resultados, é importante procurar empresas com profissionais que tenham capacidade de executar os projetos de forma end-to-end, ou seja, realizando o acompanhamento do início ao fim. Assim, poderá analisar os dados com maior precisão e desenvolver um conhecimento que estará à disposição da empresa de forma permanente.

Percebeu como analisar os dados é uma alternativa poderosa para incrementar toda a produtividade do seu negócio? Além disso, ainda se torna capaz de cortar custos ao priorizar uma empresa que ofereça soluções de ponta e preços acessíveis.

Gostou do conteúdo e quer saber mais sobre a análise de dados e BI? Então, entre em contato conosco e conheça o nosso trabalho!

Posts relacionados

Deixe uma resposta